Please reload

últimos posts

TPI - World Golf Fitness Summit 2018

17 Oct 2018

1/5
Please reload

Entradas destacadas

Como saber se seu swing é eficiente

August 16, 2017

O golfe deve ser um dos esportes mais difíceis do mundo. A finesse da técnica e detalhes imperceptíveis ao olho nú nos movimentos podem levar qualquer jogador à loucura. Quando o golfe era jogado sem tecnologia de medição, somente se comparava a distância da tacada, e para chegar na maior distância os jogadores variavam muito na técnica e estilo, cada um tentando trabalhar com suas limitações físicas para ter o swing mais eficiente. Hoje em dia temos uma enorme variedade de equipamentos que nos ajudam a sincronizar o swing com feedback imediato das pequenas variações técnicas. É um avanço importante e uma excelente maneira de avaliar sua performance.

 

A única medida que importa: o Smash Factor

 

Eu sempre digo para meus alunos, distância é ego, o que importa é eficiência. Mas o que significa ter um swing eficiente? É um swing de mais de 100mph? é bater 300Y? é ter um grande leque de batidas para situações diferentes? sim é tudo isso e mais um pouco.

 

Os fabricantes de equipamentos de medição chegaram a um valor único de leitura da eficiência da tacada e esse valor é o “Smash Factor”.

 

Smash Factor= Ball speed/club head speed

 

Quanto mais alto for o smash factor, melhor vai ser a tacada. Descer o taco em alta velocidade mas não imprimir essa velocidade na bola significa que existe uma dissipação de energia. E isso ocorre muito com jogadores amadores quando não impactam a bola no ponto ideal, no chamado ‘Sweet spot” ou quando o Spin Loft é alto de mais. Veja as marcas da bola na cara do seu taco, estão espalhadas ou concentradas? quanto mais concentradas melhor.

 

Um valor ideal para Smash Factor é 1.50, ou seja para uma velocidade da bola de 150mph a velocidade do taco deve ser de 100 mph. Mas mesmo no PGA Tour, esse valor é praticamente impossível. A média de Smash Factor com Driver é normalmente 1.40 e com ferro 9 cai para 1.28

 

Pensemos na seguinte possibilidade: 

 

Jogador A: Club Head Speed de 100mph e smash factor de 1.40

Jogador B: Clube Head Speed de 100mph e smash ffactor de 1.50

 

A diferença de 10mph na velocidade da bola (0.1 de diferença de Smash Factor) daria uma distância entre o jogador A e o B de 20 y para o jogador B, mesmo com velocidades iguais de taco. Isso prova que somente a velocidade do taco não é parametro para eficiência na distância e direção da bola. Para que a bola saia com velocidade maior que a do taco é necessário ter um impacto sólido e consistente.

Por isso fica aqui a conclusão: Mais velocidade nem sempre significa melhor tacada. Mas para conseguir aprimorar a técnica, seu corpo precisa ter mobilidade, estabilidade e coordenação e nisso o treinamento físico é imprescindível.

 

 

 

 Focar na velocidade sem preparo físico é aumentar suas chances de lesão. Focar no preparo físico sem treino técnico é inutil para o golfe. Se fosse assim qualquer pessoa atletica e com boa aptidão física jogaria melhor que um jogador de golfe experiente, mesmo que fora de forma. E sabemos que isso não acontece.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Síguenos